"Plano. Vivo. Vazio. Cru. Elementos que, juntos, criam algo simples, calmo. Um grito estético no vácuo do fixo. O urbano, sempre tão revestido de cor, é explorado em seus momentos de palidez. A sinuosidade da figura humana em contraste com a rigidez das construções. A sombra, projeção imaterial, transformando-se em objeto sólido e emoldurando a imagem. A partir de um exercício experimental pessoal que venho elaborando há um pouco mais de dois anos, construí o conceito que venho explorando: urbicru (Urbano Cru).”
- Ana Szwarcfiter (@urbicru)

Nós, da equipe Kora swim, estamos sempre buscando mulheres para trabalharmos em conjunto e que possam nos representar de alguma forma.
Gostamos dessa união entre o criar e o fazer, dessa troca tão rica, onde cada uma deixa a sua marca, e torna os nossos encontros bem mais bonitos.


Em uma de nossas buscas, esbarramos com a Ana.
Aos 22 anos e cursando arquitetura na UFRJ, ela começou a se interessar por fotografia conceitual em 2016.
De um hobbie, virou algo maior, tomando uma proporção que nem mesmo ela imaginava.
Movida a esse sentimento, que foi crescendo gradativamente, optou por deixar que a sua nova paixão tivesse voz ativa em seu caminho.

Porque é a partir do que amamos, que nos encontramos.

Ana veio ao nosso escritório para um bate papo, e foi amor à primeira vista.
Em tudo. Em seu conceito minimalista, sua forma de falar e de enxergar as coisas.
O seu olhar é arte. E os nossos se cruzaram.
O resultado não poderia ter sido melhor.


Sobre corpos, formas e luzes

Temos o prazer de apresentar URBICRU PARA KORA SWIM.

Se inspirem ;)

Modelo: Maria Flexa @mariaflexar